image_6487327 (42).JPG

Em meio à fragmentação herdada do modernismo, reunificar a mensagem por meio da técnica: que a mescla de recortes de telas, fotocópias e padrões próprios de azulejos, traço livre e pintura - veias artísticas distintas superpostas em composição– forme voz única, re-ecoe emoções simples do humano.
Busca por espiritualidade - não no barato sentido new age que abunda nas revistas de astros e televisão, mas enquanto procura de um acordo com a mortalidade da carne. Através de várias linhas, ou séries, de trabalho, vê-se diálogos com o sofrimento, com a idéia de mulher, com os prazeres da vida e as angústias cotidianas trazendo um senso de espanto com o fenômeno mais puro do que é estar vivo.
Luiz Buff.

Nina Coimbra, nascida em Brasília em 1984, é formada em Artes Plásticas pela State University of New York e fez especialização em Restauração e Conservação de Arte, Pela LDM Firenze.  Trabalha com design desde 2012 e em 2014 criou com o designer Thiago Lucas o Estúdio Polpa.  Nina trabalha com pintura, escultura, design de produto e mobiliário, cenografia e é arte educadora.  Expôs em lugares como MASP, Museu da República em Brasília, FUNARTE Brasília e CCBB Brasília.

 

my body